SUPORTE

RECURSOS

EMPRESA

CONECTAR

Faça parte do nosso Setup !

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White LinkedIn Icon
CNPJ: 28.613.690/0001-73
Razão Social: V T R ELECTRONICS IMPORTACAO E EXPORTACAO LTDA
© 2019 VTR EFFECTS. Todos os direitos reservados

O que é um Pedal de Efeito?

2/1/2019

 

 

Nesse ano completamos 2 anos de lançamento da VTR Effects no mercado, e estamos muito felizes com o caminho que temos trilhado até aqui, a cada cliente que recebe seu pedal e nos

enche de agradecimentos ficamos mais animados para continuar nosso trabalho e mudar o cenário nacional de pedais de efeitos. Para esse ano planejamos realizar muitas coisas e a primeira delas é o lançamento de nosso blog, no qual alimentaremos com conteúdo sobre o mundo da guitarra e equipamentos.

 

Nesse primeiro post vamos tratar de um assunto simples mas que talvez nem todos realmente entendem, que são os pedais de efeitos. Você provavelmente tem um board cheio de pedais e se não tem já tem o planejamento de encher o seu de pedais, mas você realmente sabe o que é um pedal de efeito ? Não tem certeza se sabe ? Então bora começar com o conceito básico.

 

Um pedal de efeito é um circuito eletrônico analógico ou digital (E qual é melhor? Isso é assunto para outro post), que é capaz de alterar as características originais do sinal proveniente dos captadores da guitarra, essa alteração pode ser de nível, de frequência, de harmônicos dentre vários outros tipos de alterações que são propriamente os diferentes tipos de efeitos, podemos citar alguns clássicos:  Overdrive, Distortion, Fuzz, Delay, Chorus, Reverb e etc.

 

Agora que explicamos o conceito de um pedal, que tal conhecermos as partes que constituem um pedal ? Bora lá.

 

Carcaça: A carcaça do pedal é uma das partes mais importantes para a sua durabilidade e o seu bom funcionamento, pois é ela que estará em contato com o ambiente externo e terá que aguentar as "porradas" do dia-a-dia. Então o mais recomendado é que um pedal seja feito em uma carcaça de alumínio ou de aço pois são materiais mais resistentes e também fazem o papel de isolamento do circuito interno contra fontes externas de ruido.

 

                                                               

                                                                  Caixa de alumínio. 

 

 

Knob: Esses são os botões que encaixam no eixo do potenciômetros, para que você consiga configurar o pedal ao seu gosto, geralmente se usa a ideia de um relógio para indicar o ajuste do knob.

                                          Knob modelo MXR utilizado no Helios Overdrive.

 

Jack P10: Os jacks são classificados em macho e fêmea, sendo o macho o que fica na ponta do cabo que se usa para ligar a guitarra no pedal e fêmea o que se encontra no pedal, o mais comum é o cabo mono que transporta o sinal GND e o sinal da guitarra.

                                                                  Jack P10 Fêmea.

 

 

Potenciômetro: O potenciômetro é um tipo de resistor variável de 3 terminais, é ele que torna possível os controles de parâmetros do circuito que antes seriam fixos, como ganho, tonalidade, volume e etc.  

 

 

                                                      Potenciômetro de ângulo reto.

 

Placa de Circuito: Mais conhecidas como PCB, são as responsáveis por fazer a ligação dos componentes eletrônicos do circuito, essas podem ser fabricadas em casa ou fabricadas profissionalmente por alguma empresa especializada, o que é recomendado para se ter uma maior durabilidade da mesma.

 

 

                                                  Placa de circuito impresso profissional.

 

Resistor: O resistor é um componente que tem por finalidade controlar a corrente elétrica de um circuito, ele é peça fundamental dos circuitos e será encontrado em praticamente qualquer circuito eletrônico.

                                                                         Resistores.

 

Capacitor: O Capacitor é um componente que tem por finalidade armazenar energia elétrica, é muito importante sua utilização nos circuitos dos pedais, pois é através dele que são criado os filtros para equalização dos pedais, os circuitos de LFO de pedais de modulação dentre varias outras aplicações.

                                                                          Capacitores.

 

Transistor: Esse é o componente que revolucionou a eletrônica, foi a partir do transistor que se iniciou a miniaturização dos circuitos eletrônicos, pois o transistor conseguiu realizar o papel das válvulas eletrônicas com um tamanho muito menor, e nos pedais ele tem o papel básico de amplificar os sinais, mas também tem varias outras aplicações.

 

                                                                               Transistor.

 

 

Circuitos integrados: Dentro de um um chip de circuito integrado existe vários outros componentes que foram miniaturizados sobre um substrato de material semicondutor, graças aos circuitos integrados é possível criar circuitos que seriam gigantes utilizando somente transistores ou válvulas, ocupando um espaço muito menor.

                                                Circuito integrado utilizado no Tube Screamer.

 

 

Por fim é isso, agora você já tem uma melhor noção do que é um pedal de efeito e os componentes que constitui um. Fique ligado em nossas redes sociais que sempre que tiver publicação nova em nosso blog postaremos por lá, e compartilhe esse post com seus amigos para que eles também entendam melhor sobre o mundo dos pedais de efeitos :)

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon